Brasil-Rússia

CREDN debate relações Brasil-Rússia e a contribuição da Revolução de 1917 para a ordem mundial

Brasília – As relações Brasil-Rússia e a contribuição da Revolução de 1917 para a ordem mundial foram debatidas nesta quarta-feira, 27, em audiência pública realizada pela Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN) da Câmara dos Deputados. O evento, que contou com a presença do embaixador russo no Brasil, Sergei Akopov, foi requerido pela deputada Jô Moraes (PCdoB-MG).
Alexandre Costa

Relação comercial Brasil-Rússia pode se desenvolver com ações da câmara de comércio

Uma posse com muito prestígio. Foi assim que Gilberto Ramos assumiu um novo mandato a frente da Câmara de Comércio Brasil-Rússia em evento realizado na Associação Comercial do Rio de Janeiro. Os negócios envolvendo Brasil e Rússia cresceram muito nos últimos anos, muito em função do trabalho que a Câmara desenvolve tanto aqui como lá. As relações podem se desenvolver ainda mais, principalmente nos setores de petróleo, gás e energia, graças às ações da Gazprom, Rosneft e Rosatom, que estão estabelecendo grandes parcerias com empresas brasileiras.