COI

'COI adotou decisão vergonhosa contra Rússia ao impedir atletas russos nas Olimpíadas'

Primeiro-ministro da Rússia, Dmitry Medvedev, declarou que a Comissão do Comitê Olímpico Internacional (COI) tomou decisão vergonhosa ao impedir participação dos atletas russos absolvidos nos Jogos Olímpicos na Coreia do Sul. Para ele, o objetivo dessa decisão é causar dano político à Rússia.

Na segunda-feira (5), a Comissão do COI recusou convidar aos Jogos Olímpicos de Inverno em Pyeongchang 15 atletas russos, que antes tinham sido afastados da participação das Olimpíadas por violação de regras antidoping, mas foram inocentados pelo Tribunal Arbitral do Esporte (TAS).

Rússia possui provas que desmentem acusações de substituir amostras de atletas russos

A Rússia possui provas suficientes para desmentir as denúncias de Grigory Rodchenkov, ex-diretor do laboratório antidoping de Moscou, quanto ao uso de doping pelos atletas russos durante os Jogos Olímpicos em Sochi 2014, afirmou o Comitê de Investigação russo.

Os testes de doping dos atletas russos durante os Jogos Olímpicos de Sochi foram transmitidos durante o dia e não à noite, momento em que, de acordo com Grigory Rodchenkov, teriam sido supostamente substituídos, disse nesta quarta-feira (17), Svetlana Petrenko, a porta-voz do Comitê de Investigação da Rússia.

COI: todas as amostras de sangue de 63 atletas da Rússia deram negativo para doping

O Comitê Olímpico Internacional (COI) divulgou nesta sexta-feira (9) os resultados da análise das amostras de sangue de todos os 63 atletas da Rússia que participaram dos Jogos Olímpicos de Inverno em Sochi, em 2014 – todos indicaram negativo para o uso de doping.

"Todas as 63 amostras de sangue coletadas de atletas russos nos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi 2014 já foram re-analisados pelo COI, em colaboração com o Prof. McLaren, e deram todas negativo", disse o comunicado.