Copa 2018

Pútin pede que Guarda Nacional garanta segurança na Copa de 2018

Em formação, órgão independente se encarregará desde defesa civil a combate ao terror.

O presidente da Rússia, Vladímir Pútin, solicitou à Guarda Nacional da Rússia que garanta a segurança na Copa do Mundo de 2018. O torneio será realizado em onze cidades distribuídas pelas diversas regiões do país.

“O trabalho para garantir a segurança na próxima Copa do Mundo e Copa das Confederações vai exigir muitos esforços”, disse Pútin na segunda-feira (27), em uma reunião com o comando da Guarda Nacional. Segundo ele, a estrutura deverá “prestar atenção especial a isso”.