EUA

Mídia revela que EUA vão receber gás russo

Segundo escreve o jornal russo Kommersant, os EUA vão receber a primeira remessa de gás do projeto de extração de gás Yamal LNG.

De acordo com a edição, o navio gaseiro Gaselys da companhia francesa Engie, vai transportar gás liquefeito do porto britânico de Isle of Grain ao terminal norte-americano Everett, situado perto de Boston.

O navio gaseiro iniciou o carregamento no porto britânico logo depois do descarregamento do navio Christophe de Margerie com o primeiro fornecimento de gás liquefeito russo.

O Gaselys deve chegar aos EUA em 22 de janeiro.

Clima extremo ameaça trigo nos EUA e Rússia

Clima extremo ameaça trigo nos EUA e Rússia

As temperaturas extremadamente baixas nos Estados Unidos continuam ameaçando os cultivos de trigo nas principais regiões agrícolas do País.

O clima extremado está dando suporte aos preços no mercado de Chicago, segundo avaliação da Consultoria Trigo & Farinhas. De acordo com a T&F, o mercado de trigo tem sido impulsionado pelas temperaturas abaixo de zero nas planícies norte-americanas, além dos prognósticos de que continue a falta de umidade.

Jungmann: EUA, Rússia, França e Israel querem lançar satélites no Brasil

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, reafirmou nesta quarta-feira que há pelo menos quatro países interessados em lançar satélites a partir do Centro Nacional de Alcântara, no Maranhão: Rússia, França, Israel e Estados Unidos, com quem o Brasil já vinha negociando um acordo de salvaguardas para uso da base. "São apenas alguns", disse ele.

Documentário de Oliver Stone acusa EUA por revoluções na Ucrânia

Filme veiculado em rede nacional na Rússia defende que levantes de 2004 e 2014 na Ucrânia foram influenciados por Washington.

Um novo documentário polêmico produzido pelo diretor norte-americano Oliver Stone e transmitido na televisão russa apresenta as revoluções ucranianas de 2004 e 2014 como revoltas instigadas e planejadas com a participação dos EUA.

'Pior não pode ser': Moscou está disposta a melhorar relações com EUA

Moscou está disposta a construir relações mutuamente vantajosas e em pé de igualdade com os EUA e conta com a reciprocidade de Washington. Contudo, a parte russa destaca que o termo "reinicialização" se viu comprometido, declarou o porta-voz do presidente russo, Dmitry Peskov.

Anteriormente, o presidente eleito dos EUA, Donald Trump, disse que gostaria de ter boas relações com líder russo Vladimir Putin, mas que não apoia a ideia de "reinicialização" das relações entre Moscou e Washington.

Tags: 

Donald Trump visitará a Rússia após assumir presidência nos EUA

Uma fonte do Partido Republicano dos Estados Unidos disse ao jornal russo Izvestia, nesta quinta-feira, que o presidente eleito Donald Trump começará a preparar uma viagem à Rússia logo após a sua posse, em janeiro.

De acordo com a fonte, cujo nome não foi divulgado, não há, no momento, contatos substanciais entre a equipe do futuro chefe de Estado norte-americano e o Kremlin, embora o próprio presidente eleito dos EUA tivesse manifestado o desejo de se encontrar com o líder russo, Vladimir Putin, antes de sua posse.

Páginas