Jogos Olímpicos

São anuladas sanções contra 28 esportistas russos de participar dos Jogos Olímpicos

Na quinta-feira (1), o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) anulou sanções de participar dos Jogos Olímpicos contra 28 atletas russos, que foram sancionados por suspeita de terem violado normas antidoping durante os Jogos Olímpicos de Inverno de 2014 em Sochi.

O documento sobre cancelamento das sanções foi publicado no site oficial do tribunal.

Rússia possui provas que desmentem acusações de substituir amostras de atletas russos

A Rússia possui provas suficientes para desmentir as denúncias de Grigory Rodchenkov, ex-diretor do laboratório antidoping de Moscou, quanto ao uso de doping pelos atletas russos durante os Jogos Olímpicos em Sochi 2014, afirmou o Comitê de Investigação russo.

Os testes de doping dos atletas russos durante os Jogos Olímpicos de Sochi foram transmitidos durante o dia e não à noite, momento em que, de acordo com Grigory Rodchenkov, teriam sido supostamente substituídos, disse nesta quarta-feira (17), Svetlana Petrenko, a porta-voz do Comitê de Investigação da Rússia.

Negócios: Seminário Dia da Rússia - Dia da Rússia | Câmara Brasil-Rússia, Embaixada da Rússia no Brasil e CasaRio

Dia da Rússia.

Negócios - Encontro organizado pela Câmara Brasil-Rússia e Embaixada da Rússia, em parceria com a agência de negócios da Prefeitura do Rio, a Rio Negócios reúne atletas e personalidades ligadas ao esportes. Os temas em debate serão 'A Indústria do Esporte e Políticas Públicas'; 'Desenvolvimento do Setor Energético e Sustentabilidade'; e 'Promoção e Incremento do Turismo através dos Megaeventos'.

Rússia descarta risco de propagação da zika durante Olimpíadas no Rio

O Aedes aegypti transmite dengue e zika.

Declaração foi feita após envio de carta aberta à OMS pedindo suspensão ou transferência dos Jogos. A situação está sob controle, afirmou epidemiologista russa.

Os participantes dos Jogos Olímpicos no Brasil não sofrem grande risco de infecção pelo vírus da zika no atual momento, declarou a chefe da agência para direitos dos consumidores (Rospotrebnadzor) e epidemiologista-chefe da Rússia, Anna Popova.

Páginas