lua

Rússia construirá base na Lua para missões a outros planetas

A corporação espacial russa Energia revelou planos de lançar um programa de exploração lunar, que inclui a construção de uma base no satélite até 2050.

Os prazos em questão foram mencionados em uma apresentação da corporação, dedicada às etapas do programa lunar russo e que foi realizada pelo diretor do Departamento de voo da empresa, Aleksandr Kaleri, na terça-feira (24).

"Entre 2040 e 2050 está planejada a construção de base na Lua; programa científico", lê-se em um dos slides, expostos pela corporação.

Primeiros cosmonautas russos devem pousar na Lua em 2031

Pela primeira vez uma nave espacial russa poderá chegar ao planeta, que é o único satélite natural da Terra, já em 2031.

A primeira nave tripulada poderá pousar na Lua em 2031, divulgou nesta terça-feira (15) o chefe da corporação aeroespacial russa Energia, Vladimir Solntsev, durante uma coletiva.

"Nos anos 2030 nós temos como objetivo o voo tripulado à Lua, em 2031 – o pouso na Lua," disse.

Rússia se prepara para colonizar a Lua

A Roscosmos, agência espacial da Rússia, apresentou um novo projeto da Academia de Ciências do país para a exploração da Lua.

Primeiramente, em 2019, a sonda Luna-Glob será enviada ao polo sul da Lua, para uma região onde, recentemente, foram descobertos vestígios de água. Em seguida, em 2021, uma segunda sonda espacial, Luna-Recurso, será enviada com o objetivo de estudar a composição química do solo lunar.