roupas

Contra crise, russos cortam gastos com comida e roupas

À medida que os preços aumentam, número de pessoas que reduzem os gastos também cresce. Embora cada um encontre uma maneira própria de economizar, os setores de alimentos, roupas e turismo são os que mais sentem os efeitos da crise.

O ano passado foi um verdadeiro desafio para a maioria dos russos. A crise econômica, acompanhada pela ascensão de preços ao consumidor e queda da renda, causou pânico em muitas famílias. Um ano depois, a situação não é muito melhor.