Exportadora russa destaca interesse da América Latina por seus helicópteros

Vários países latino-americanos se interessaram em adquirir helicópteros russos, assegurou Aleksandr Denisov, diretor de marketing da Rosoboronexport, a maior empresa exportadora russa de produtos, tecnologias e serviços militares e de defesa.

O alto funcionário encabeçou a delegação da Rússia na Feira Aeroespacial México 2017 (FAMEX 2017), que ocorreu na capital mexicana entre 26 e 29 de abril, onde a Rússia participou pela primeira vez.

Estatal russa Rosatom discute aplicações de tecnologias nucleares no Brasil

A Companhia Estatal de Energia Nuclear (Rosatom), da Rússia, realizou uma reunião na última semana, no Rio de Janeiro, para debater com autoridades, especialistas, pesquisadores e empresários diferentes usos das tecnologias nucleares fora do mercado energético.

América Latina comprou mais de US$ 10 bilhões em armamentos russos

Exportador de equipamentos militares da Rússia quer continuar a batalha contra empresas dos EUA e da Europa pelo mercado latino-americano.

Desde 2001, os países da América Latina compraram mais de US$ 10 bilhões em armamentos produzidos na Rússia. A informação foi divulgada pelo diretor-geral da Rosoboronexport (estatal russa responsável pelas vendas de equipamento militar ao exterior), Aleksêi Mikheev.

Brasil e Rússia reforçam parcerias no agronegócio

Estreitar a relação agropecuária russo-brasileira e reforçar a parceria comercial entre as duas nações, com a intermediação da Câmara Brasil-Rússia de Comércio, Indústria e Turismo. Esse foi o principal objetivo da reunião preparatória para a 10ª Comissão Intergovernamental de Cooperação (CIC) Brasil-Rússia, evento que será realizado nos dias 22 e 23 de maio, em Brasília (DF). Esse encontro inicial ocorreu nesta segunda-feira, 17 de abril, na sede da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em São Paulo (SP).

Brasil quer dobrar volume de comércio agrícola com Rússia

Ideia é apostar em curingas. Balança bilateral no setor hoje é de US$ 5 bilhões.

Na última quarta-feira (19), o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil, Blairo Maggi, encontrou-se com o vice-ministro da Agricultura russo, Evguêni Gromiko.

Após reunião do 4º Comitê Agrário Brasil-Rússia, o secretário de relações internacionais de agronegócios da pasta brasileira, Odilson Ribeiro e Silva, declarou que os países pretendem dobrar o volume de negócios no setor de agricultura, passando de US$ 5 bilhões para US$ 10 bilhões em cinco anos.

Exportação de softwares russos deslancha com queda do rublo

Tradição russa em programação soma-se a fator econômico, e exportações ultrapassam os US$ 7 bilhões, quase o triplo de 2009. Ásia e América Latina ocupam-se de porção importante das exportações, substituindo mercados tradicionais dos EUA e Europa.

Ainda como estudante da Universidade Estatal de Moscou, o fundador da companhia russa “Spirit DSP”, Andrêi Sviridenko, criou um produto de programação original no setor de inteligência artificial.

Enquanto fazia um intercâmbio estudantil em Heidelberg, na Alemanha, Andrêi começou a buscar clientes.

Quais países latinos acompanharão o Brasil na Copa de 2018?

Seleção é única confirmada na América do Sul; Argentina pode ficar de fora.

Além do país anfitrião, o Brasil é a primeira seleção a se classificar para a Copa do Mundo de 2018, que acontecerá na Rússia. Os demais países da América do Sul seguem lutando por uma vaga no mundial. O mais bem colocado é a Colômbia, que se vencer o Equador na próxima partida terá lugar quase confirmado na Copa da Rússia. Em seguida aparecem Uruguai e Chile.

Páginas