Rússia e Venezuela renovam acordo de cooperação técnico-militar

Rússia e Venezuela renovam acordo de cooperação técnico-militar

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, recebeu neste sábado em Caracas o vice-primeiro-ministro da Rússia, Yuri Borisov, no âmbito da Comissão Intergovernamental de Alto Nível (CIAN).

“Reunião com Sua Excelência Yuri Ivanovich Borisov, vice-primeiro ministro da Federação Russa”, informou o presidente venezuelano no Twitter.

​Durante a reunião, Maduro enfatizou a importância da visita de Borisov como uma oportunidade para consolidar o progresso alcançado durante a recente visita do presidente venezuelano a Moscou, onde se encontrou com seu colega russo, Vladimir Putin.

O presidente da Venezuela informou ter renovado neste sábado os acordos na área técnica e militar com a Rússia.

“Avaliamos a cooperação técnico-militar, que segue perfeitamente o cronograma, e renovamos todos os contratos de suporte, consultoria e progressos no aspecto técnico-militar muito importante”, afirmou Maduro.

O presidente também mencionou acordos bilaterais na área de petróleo e gás.

“Existem novos empreendimentos econômicos com transferência de tecnologia, com participação de empresas russas em todas as áreas estratégicas de produção do país. Renovamos e avançamos tremendamente em toda a área de petróleo e gás das empresas de base”, disse ele.

O chefe de estado também garantiu que concordou em lançar novos projetos com presença direta de investimento e consultoria russa.

Antes, a vice-presidente Delcy Rodríguez e o ministro das Relações Exteriores Jorge Arreaza receberam Borisov na Casa Amarela, sede do Ministério das Relações Exteriores.

O governo venezuelano assegurou que a estreita cooperação com Moscou se traduz em 264 acordos assinados, em 20 áreas estratégicas entre as quais: energia, cooperação técnico-militar, mineração, finanças, agricultura, indústrias, comércio e transporte.

Plano de Cooperação até 2030

A Rússia e a Venezuela pretendem desenvolver um plano de cooperação a longo prazo, anunciou o vice-primeiro-ministro russo.

“Para a próxima reunião da Comissão Intergovernamental de Alto Nível, tentaremos preparar um documento estratégico que defina as relações econômicas, comerciais, científicas, tecnológicas e culturais entre nossos países até pelo menos 2030”, afirmou Borisov.

Fonte: Sputnik

Leave a comment

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *