Rússia e demais países da UEE abrem mercado para compra de material genético da pecuária brasileira

Rússia e demais países da UEE abrem mercado para compra de material genético da pecuária brasileira

A exportação brasileira de sêmen e embriões bovinos (in vivo e in vitro) ganhou novos mercados neste início de Junho, com a abertura comercial de cinco países integrantes da União Econômica Eurasiática (UEE) — Rússia, Belarus, Armênia, Cazaquistão e Quirguistão.

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores e o Ministério da Agricultura e Pecuária, trata-se de uma grande expansão comercial na UEE para produtos agrícolas brasileiros. No início de maio, foram autorizadas as exportações de suínos vivos, e em setembro de 2023, de bovinos vivos para os membros da união.

No primeiro quadrimestre de 2024, o Brasil exportou pouco mais de US$ 325 milhões (cerca de R$ 1,7 bilhão) em produtos do agronegócio para a UEE, com destaque para soja em grãos, carne bovina, café verde e açúcar bruto.

Leave a comment

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *